Com o gestor controla-se a rastreabilidade: ordem de produção, controlo de qualidade ou as fichas técnicas finais. Tudo isto sob uma única plataforma unificada para toda a fábrica. Esta ferramenta permite uma transferência de dados e a subsequente tomada de decisões, tanto técnicas como de volume e custos.

Consoante o tipo de polímero e em que estado chega, passará por diversos processos como separação, trituração, adensamento, mistura/homogeneização. Noutros casos exige a criação de fórmulas à medida para atingir o polímero definido pelo cliente e a sua aplicação final.

Controlo da produção através de um Gestor Digital

Com o gestor controla-se a rastreabilidade: ordem de produção, controlo de qualidade ou as fichas técnicas finais. Tudo isto sob uma única plataforma unificada para toda a fábrica. Esta ferramenta permite uma transferência de dados e a subsequente tomada de decisões, tanto técnicas como de volume e custos.

Consoante o tipo de polímero e em que estado chega, passará por diversos processos como separação, trituração, adensamento, mistura/homogeneização. Noutros casos exige a criação de fórmulas à medida para atingir o polímero definido pelo cliente e a sua aplicação final.

Com o gestor controla-se a rastreabilidade: ordem de produção, controlo de qualidade ou as fichas técnicas finais. Tudo isto sob uma única plataforma unificada para toda a fábrica. Esta ferramenta permite uma transferência de dados e a subsequente tomada de decisões, tanto técnicas como de volume e custos.

Consoante o tipo de polímero e em que estado chega, passará por diversos processos como separação, trituração, adensamento, mistura/homogeneização. Noutros casos exige a criação de fórmulas à medida para atingir o polímero definido pelo cliente e a sua aplicação final.

Controlo da produção através de um Gestor Digital

Com o gestor controla-se a rastreabilidade: ordem de produção, controlo de qualidade ou as fichas técnicas finais. Tudo isto sob uma única plataforma unificada para toda a fábrica. Esta ferramenta permite uma transferência de dados e a subsequente tomada de decisões, tanto técnicas como de volume e custos.

Consoante o tipo de polímero e em que estado chega, passará por diversos processos como separação, trituração, adensamento, mistura/homogeneização. Noutros casos exige a criação de fórmulas à medida para atingir o polímero definido pelo cliente e a sua aplicação final.

proceso_rojo

Produção à medida

A ALSER dispõe de uma elevada capacidade produtiva tonelada/ano. Também conta com linhas de tratamento de polímeros especializadas para obter a melhor gama produtiva e de qualidade final; assim como de várias linhas de processo (monofuso, duplo fuso); diferentes sistemas de filtragem (consoante as exigências finais); e corte sob água ou minimizando o contacto com alta redução da humidade no grão final.

Sem esquecer todo o procedimento periférico prévio de formulação, adição e misturas. Tudo isto para compor, em maior ou menor medida, a caracterização final do polímero (https://www.plasticosalser.com/pt/produtos/). O grande objetivo histórico desta empresa é o crescimento quantitativo e técnico. Por isso, aposta num posicionamento no mercado baseado na inovação e na resolução dos novos desafios da reciclagem e do compound.

Não se pode entender o percurso da ALSER, que teve início em 1977, sem os avanços tecnológicos, os novos conhecimentos nos polímeros ou a resolução de problemas no processamento e subsequente aplicabilidade aos transformadores. Para isso realizou-se um trabalho mais além do comercial; apostou-se numa missão de acompanhamento, num mercado muitas vezes desconhecido para o cliente, que primeiro teve que ser guiado para as bondades e depois para as necessidades de aplicar matérias-primas alternativas aos materiais virgens.

Produção à medida

proceso_rojo

A ALSER dispõe de uma elevada capacidade produtiva tonelada/ano. Também conta com linhas de tratamento de polímeros especializadas para obter a melhor gama produtiva e de qualidade final; assim como de várias linhas de processo (monofuso, duplo fuso); diferentes sistemas de filtragem (consoante as exigências finais); e corte sob água ou minimizando o contacto com alta redução da humidade no grão final.

Sem esquecer todo o procedimento periférico prévio de formulação, adição e misturas. Tudo isto para compor, em maior ou menor medida, a caracterização final do polímero (https://www.plasticosalser.com/pt/produtos/). O grande objetivo histórico desta empresa é o crescimento quantitativo e técnico. Por isso, aposta num posicionamento no mercado baseado na inovação e na resolução dos novos desafios da reciclagem e do compound.

Não se pode entender o percurso da ALSER, que teve início em 1977, sem os avanços tecnológicos, os novos conhecimentos nos polímeros ou a resolução de problemas no processamento e subsequente aplicabilidade aos transformadores. Para isso realizou-se um trabalho mais além do comercial; apostou-se numa missão de acompanhamento, num mercado muitas vezes desconhecido para o cliente, que primeiro teve que ser guiado para as bondades e depois para as necessidades de aplicar matérias-primas alternativas aos materiais virgens.

Acondicionamento e logística

Cada cliente marca os seus requisitos para poder consumir os diversos polímeros da ALSER. Desde o Big Bag, passando pelo octabin de cartão ou as cisternas ou tanques para os grandes consumidores. Estes são os acondicionamentos habituais, sendo possível criar à medida outras apresentações desenvolvidas de forma personalizada a pedido do cliente. Bem como a rotulagem, capas especiais ou outros requisitos.

Todos os materiais passam pelo último controlo de qualidade e especificações acordadas com o consumidor/transformador final em laboratório e ensaios.

O transporte e a distribuição são adaptados ao tipo de acondicionamento, quantidade do lote e área geográfica de entrega. A sede central da ALSER, localizada em Iza/Pamplona (norte de Espanha), permite estar muito perto dos mercados do centro e sul da Europa. Contar com um raio de ação de 2.000 km significa uma grande vantagem logística devido à flexibilidade de movimento com países como a Alemanha, Belgica, Áustria, Itália, França ou Marrocos. Por último, estar situado na Península Ibérica, com Espanha e Portugal, permite trabalhar como uma única unidade territorial logística.

Para a exportação de maior envergadura em quilómetros, o contentor marítimo é o instrumento global para chegar à Turquia, China e Malásia.